Enfermagem EAD

Em 2018, mais de 80% dos alunos de EAD no Brasil estavam concentrados em 20
instituições, das quais cinco, todas privadas, detinham as matrículas de mais da
metade desses alunos. A ampliação e intensificação do uso da EAD no Brasil também
foram favorecidas pelo Decreto no 2.117, de 6 de dezembro de 2019, que autorizou
até 40% da carga horária total dos cursos presenciais de graduação nas IES a serem
ofertados como EAD Atividades. A formação do enfermeiro insere-se nesse contexto,
modificando-se como resultado de uma multiplicidade de processos históricos e
sociais que se originam da prática na categoria e dos contextos sociais em que é
realizada. Nessa perspectiva, a formação em Enfermagem não é algo idealizado ou
abstrato, mas parte e produto do próprio processo da sociedade.
A expansão do ensino superior em Enfermagem tem sido marcada pela abertura
indiscriminada de novos cursos; existência de lacunas entre essas aberturas e as
necessidades e demandas específicas de cada região, o que reforça a desigualdade
geográfica, expressa em disparidades regionais e intrarregionais; privatização; e
disseminação descontrolada de cursos e instituições cada vez mais distantes do
conceito de universidade e padrões de qualidade. Unoeste gestão da tecnologia da informação ead

Leave a Reply

Your email address will not be published.